Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Professoras: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante, Matilde Santos e Sofia Pedrosa

Alunos: Daniel Almeida, Henrique Ferreira, João Rocha e Tomás Antunes

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Que escolhas fazer?



Viver na cidade ou no campo é nos dias de hoje uma possibilidade que as pessoas colocam surgindo, porém, algumas dúvidas no momento de escolha.
Viver no campo tem de facto vantagens e desvantagens tal como viver na cidade também as tem.
No campo temos o ar puro, os espaços verdes, animais e quase toda a gente se conhece, o contrário se passa na cidade: ar poluído, prédios que nem o céu deixam ver e poucos jovens se conhecem. Aliás, só se conhecem quando querem, pois alguns veem os amigos como meros objetos.
Em contrapartida, na cidade, temos os shoppings, lojas com marcas e todo mas todo o tipo de publicidade que nos apela a comprar os seus produtos. Ao contrário da cidade, no campo temos lojas convencionais que vendem o pouco que têm e uma só marca de roupa. E tendo em conta este último aspeto, temos os estilos, ou seja, na cidade as pessoas praticamente vestem roupas de marca, possuem os melhores aparelhos informáticos. Contrariamente, no campo, todos têm o mesmo tipo de roupa, sem olhar às marcas, têm de igual modo os computadores, mas não tão bons como os citadinos, chegando, porém, para as nossas necessidades e o telemóvel é um simples telemóvel, sem grandes avanços tecnológicos.
Em suma, viver no campo ou na cidade tem as suas vantagens, desvantagens e estilos de vida diferente. Contudo, somos todos humanos, sendo mais ricos ou mais pobres, vivendo onde quer que seja. O essencial é que a pessoa se sinta bem no local que opta por viver.
Pedro Louro, nº 14, 9º C - Vilarinho

Sem comentários:

Enviar um comentário