Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

sábado, 31 de março de 2012

Recette pour une relation parfaite


   Ingrédients :

  v  7 cuillères à soupe de tendresse

  v  Beaucoup de baisers

  v  6 cuillères à soupe d’attention

  v  200 grammes de désirs

  v  Deux tasses de compréhension

  v  Une dose  de patiente mais pas de discussion

  v  Amour, à volonté

  v  ½ Kilo de passion

  v  Un kilo de joie mais pas de la tristesse
    
  v  Une pincée de jalousie pour l’assaisonnement


Mariana Cerveira, 8º A, nº 19

sexta-feira, 30 de março de 2012

Recette pour une relation parfaite


Estes dois trabalhos foram feitos para comemorar o Dia dos Namorados e, ao mesmo tempo, para estudarem os artigos partitivos e as palavras que se utilizam para exprimir as quantidades (un peu de…, beaucoup de, etc.).

Ana Isabel Costa, Professora de Francês



Recette pour une relation parfaite
Ingrédients :
  v  500 grammes d’amour
  v  750 grammes de  tendresse
  v  430 grammes de  compréhension
  v  270 grammes de respect
  v  50 grammes de tolérance
  v  Un peu de complicité et de patiente
  v  Beaucoup de fidélité



Note :
    v  N’utilise pas de mensonges, de tristesse, de douleur, de larmes et de discussions.

Sandro, 8º A

quinta-feira, 29 de março de 2012

Um dia…



O Agrupamento de Escolas de Anadia já há muito que estabelece protocolos com organismos e empresas do concelho de modo a que os alunos com dificuldades de aprendizagem possam ter um contacto estreito com o mundo do trabalho.
Estamos cientes que este “estágio” lhes pode proporcionar uma saída profissional.
Os alunos, Leandra, Pedro e Sónia, do 7º Ano, alunos da Dra. Júlia Almeida, contam-nos a sua experiência no “mundo do trabalho”.



A Equipa d´O Ciclista

quarta-feira, 28 de março de 2012

Jogos Matemáticos


No dia 9 de Março realizou-se no estádio universitário de Coimbra, o 8º Campeonato dos Jogos Matemáticos. Com este campeonato pretendeu-se envolver alunos e professores dos Ensinos Básico e Secundário.
As eliminatórias, a nível de escola, decorreram nas aulas de AAE sob a coordenação das Professoras de Matemática, Licínia Melo e Lucília Tavares com a participação dos 7º e 8º anos.
A nossa escola, EB 23 de Anadia, participou com os alunos finalistas Luís Dias do 8ºC (3º lugar), Nuno Miranda do 8º C (6º lugar) e Xavier Oliveira do 7º B (4º lugar).
Esta ida a Coimbra de comboio, foi para os alunos finalistas uma oportunidade de ver a disciplina de Matemática de uma forma mais divertida e diferente daquela com que é apresentada, a maior parte das vezes, durante as aulas.
Ainda neste sentido, esta atividade foi para as Professoras organizadoras e alunos participantes em todo este processo, bastante positiva, pois como disse um dos nossos finalistas: “Ó «Stora», para o ano, queremos voltar”.

Professoras de Matemática: Licínia Melo e Lucília Tavares


Parabéns ao  Luís, ao Xavier e ao Nuno pela classificação obtida nos Jogos Matemáticos.

A Equipa d´O Ciclista

terça-feira, 27 de março de 2012

Dia Mundial do Teatro


27 de março de 2012
Lembramos os nossos “Cicloleitores” que hoje, dia 27 de março, se celebra o Dia Mundial do Teatro. A equipa d´O Ciclista exulta o teatro, pois considera esta arte um modo de cultura peculiar.
O teatro, cujas origens remontam à Civilização da Antiga Grécia, nasceu em Atenas, realizado, então, ao ar livre e associado ao culto de Dionísio, deus do vinho e das festividades. A palavra teatro deriva do grego – theaomai (θεάομαι) que, segundo o Theological Dictionary of the New Testament, significa “olhar com atenção, perceber, contemplar”. Mas não se limita a “ver no sentido comum, é antes uma experiência intensa, envolvente, meditativa, inquiridora, a fim de descobrir o significado mais profundo; uma cuidadosa e deliberada visão que interpreta o seu objeto”.
Finalmente, deixamos uma palavra de apreço a todas as atrizes e a todos os atores que, um pouco por todo o mundo, oferecem o seu talento a esta belíssima arte e, muito particularmente, àqueles pequenos artistas do Clube de Teatro e Expressão Dramática, da Escola Básica nº 2 de Anadia, bem como aos docentes que o integram.
Finalizamos a nossa singela homenagem ao teatro citando o famoso escritor, filósofo e poeta, nascidos nos EUA, Ralph Waldo Emerson:

Talento é a facilidade habitual da expressão”.

A Equipa d´ O Ciclista

segunda-feira, 26 de março de 2012

Dia do Livro Português


26 de março de 2012
Neste dia 26 de março, que celebra o Dia do Livro Português, não queremos deixar de presentear os nossos leitores com duas curiosidades, uma sobre a palavra livro, que deriva do romano Liber e que significa madeira, e sobre a palavra Biblos que tem origem na língua grega e significa casca de árvores.
Também lembramos que a invenção da escrita foi fundamental para a História da Humanidade. Por isso, o livro é um bem essencial na nossa sociedade.
Sobre o livro apraz-nos transcrever as palavras de Jorge Luís Borges, um grande escritor e poeta argentino, que ficou cego na adolescência:
“Continuo a fingir ser cego, continuo a comprar livros, a encher a minha casa deles. No outro dia, ofereceram-me uma edição de 1966 da Enciclopédia Brockhaus. Senti a presença desta obra na minha casa, sentia-a como uma espécie de felicidade. Tinha perto de mim esta vintena de volumes em caracteres góticos que não posso ler, com cartas e gravuras que não posso ver; mas, no entanto, a obra estava lá. Sentia como que a sua atração amigável. Penso que o livro é uma das felicidades possíveis do homem.”
"De todos os instrumentos do homem, o livro é, sem dúvida alguma, o mais surpreendente. Os outros são prolongamento do seu corpo, o microscópio e o telescópio são o prolongamento da sua vista; o telefone um prolongamento da sua voz; temos também a charrua e a espada, prolongamento do seu braço. Mas o livro é outra coisa: o livro é um prolongamento da memória e da imaginação

A Equipa d´ O Ciclista
O Livro
O livro. O que é um livro?
Um monte organizado de folhas…
Palavras escritas com carinho, amor, ânsia, angústia, paixão, …
É o fruto da imaginação, conhecimento, pesquisa, descoberta!
É sabedoria!
Um produto de consumo, um bem!
Todos os livros têm autor, editor, editora.
Pensar em livros é lembrar a Biblioteca, o bibliotecário, o livreiro e claro, o leitor.
O livro altera e enriquece, transmite informação, ultrapassa os limites da nossa memória.
O livro ajuda-nos a duvidar, questionar, pensar…
O livro ressuscita o passado, detém na memória acontecimentos, torna-os presente, reatualiza-os, reinventa-os, transforma-os, dá-lhes vida.
O livro também apresenta histórias sem palavras e permite às crianças contar uma história sem saberem ler.
O livro expressa o que vai na alma do escritor e divulga o seu sentir.
O livro enriquece a nossa língua, a portuguesa.
E, quando o livro se confia suavemente às nossas mãos, quando nos é permitido apreciar as belas palavras escritas, as mensagens e histórias ali encerradas, então desejamos, sofremos, sonhamos, … conhecemos as experiências de outros homens e outras épocas, acedemos a diferentes modos de vida e de pensamentos.
Ler é aprender, é crescer, é ser melhor, é conhecer, …
Ler é uma fonte de descoberta e de imaginação que alimenta o sonho, o nosso sonho, o sonho de cada um.
Ler é viajar para mundos de aventura, ilusão, sofrimento, …
Ler é sentir!
Garrett, Eça, Camões, Bocage, Gil Vicente, Pessoa, Torga, Virgílio Ferreira, Régio, Agustina, Sophia, Saramago, Herculano, Negreiros, Junqueiro, Aleixo, Ortigão, Ferreira de Castro, Alçada, Sousa Tavares, Júlio Magalhães, Rodrigues dos Santos, António Mota, Alice Vieira, … tanta escolha ao dispor. É só escolher!
Este é o Dia do Livro Português. Vamos saudá-lo, lê-lo, apreciá-lo. Vamos todos ler em bom português!

Graça Matos, O Ciclista

domingo, 25 de março de 2012

Férias desportivas e culturais




A Câmara Municipal de Anadia (CMA) faculta, mais uma vez, uma excelente oportunidade às nossas crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 6 e os 14 anos de idade, de passarem umas férias bem diferentes e divertidas.
As ofertas de atividades são muito diversificadas, quer a nível desportivo, quer cultural: ténis, bitoque, badminton, natação, hidroginástica, futebol, ginástica, aeróbica, andebol, voleibol, jogos tradicionais, visitas pedagógicas, ateliers de expressão plástica, oficinas criativas e cinediversão. Este conjunto de atividades tem lugar nos seguintes espaços culturais e desportivos do nosso concelho: Biblioteca Municipal de Anadia, Centro de Alto Rendimento de Anadia, Centro Cultural de Anadia, Cineteatro de Anadia, Complexo Desportivo de Anadia, Museu do Vinho da Bairrada, Piscinas Municipais de Anadia.
Estas atividades decorrem durante o período de férias escolares, nomeadamente de 26 de março a 5 de abril, entre as 8 horas e 30 minutos e as 18 horas.
Um bem-haja a todos estes espaços culturais e desportivos e, muito particularmente à CMA, por facultar umas férias diferentes às crianças e jovens dos nossos estabelecimentos de ensino.

A Equipa d´O Ciclista

sábado, 24 de março de 2012

Dia do Estudante


24 de março de 2012
Primeiro dia de férias e, por coincidência, também o dia em que se homenageia o Estudante.
Ocorrida em 1962, a luta e sofrimento dos estudantes pela sua participação em manifestações públicas tem vindo a ser relembrada e celebrada desde 1987, data em que a Assembleia da República Portuguesa instituiu este dia, em homenagem a estes estudantes. Esta luta dos estudantes pela  democracia e pela liberdade de todos expressarem e fazerem  valer os seus direitos em reivindicar, deu origem a uma crise académica, que hoje a equipa d´O Ciclista relembra e saúda.
Conquanto o termo “estudante” se reporte mais aos alunos de qualquer instituição: escola, colégio, universidade, …, a nossa vida, por mais longa que seja, está repleta de aprendizagem. Por isso, todos nós, de um modo ou de outro, somos estudantes. Assim, neste dia dedicado a todos nós estudantes, brindamos todos os Ciclistas com uma citação de Cícero que nos faz meditar sobre a importância de se ser estudante:
Do mesmo modo que o campo, por mais fértil que seja, sem cultivo não pode dar frutos, assim é o espírito sem estudo.”

A Equipa d´O Ciclista

sexta-feira, 23 de março de 2012

Dia Mundial da Meteorologia


Todas as instituições meteorológicas, da Organização Meteorológica Mundial (OMM), celebram, desde 1961 e neste dia 23 de março, o Dia Mundial da Meteorologia. Este ano é o 62º ano que se comemora o nascimento da OMM.

Este ano o tema escolhido é Potenciar o nosso futuro com informação meteorológica, climática e hidrológica. A escolha deste pretende não apenas congregar toda a comunidade de serviços meteorológicos e hidrológicos nacionais, como também, salientar a importância da meteorologia e do clima na economia e em todos os aspetos sociais das sociedades e no dia a dia das pessoas.

A meteorologia, à semelhança de outras ciências estuda a atmosfera terrestre O seu estudo permite a previsão do tempo.
O estudo da atmosfera terrestre e, muito particularmente da Troposfera, camada onde se desenrolam os fenómenos meteorológicos, permite observar as diferentes variáveis, como a temperatura, a pressão atmosférica e a humidade do ar e, deste modo, prever o estado de tempo.
A meteorologia assumiu desde sempre um papel significativo na vida do Homem. Atualmente vê a sua importância aumentar na medida em que se tornou indispensável, não apenas na deteção de situações anómalas que poderão tornar-se catastróficas, como nas muitas das atividades humanas dependentes do estado de tempo. São muitos os exemplos que poderíamos elencar, contudo, cingimo-nos àquela que é a base da nossa alimentação, assim como fornecedora de muitas das matérias primas que alimentam a indústria transformadora. Evidentemente que nos referimos à agricultura, mas não se pode gorar que os diferentes estados de tempo influenciam todas as atividades humanas.

Último dia de aulas
23 de março de 2012
Hoje é o último dia de aulas do segundo período. Como sempre a escola enfrenta a sua rotina mas, por ser o último, acaba por ser um dia diferente. Cheio de nervos, de despedidas, de incertezas, mas também de esperança.
Nervos que têm na sua génese o adeus e a ânsia de saber o resultado do trabalho encetado pelos alunos! Estas mini férias escolares para os alunos, embora curtas, parecem infinitas aos seus olhos. Para muitos é dia de despedida, pois vão deixar de se encontrar, falar, socializar durante este curto período. Mas, sempre a certeza de ver terminada mais uma etapa do árduo trabalho levado a cabo até então. E, finalmente, a esperança nos bons resultados e, também, que a interrupção retempere as forças de todos os envolvidos nesta nobre instituição que é a Escola.
Aos funcionários e professores, que ainda estão sobrecarregados com todo o imenso e intenso trabalho de final de período e preparação do próximo e último, desejamos que, a ausência dos alunos, lhes permitam reforçar as forças para defrontar a última etapa deste ano letivo.
 A todos os alunos desejamos umas boas férias.


A Equipa d´O Ciclista

quinta-feira, 22 de março de 2012

Dia Mundial da Água


22 de março de 2012
Este dia foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1992. A partir desse dia 22 de março começou-se a celebrar o Dia Mundial da Água.
Por isso, vamo-nos debruçar um pouco sobre a água.
Dois terços do nosso planeta Terra são constituídos por água. Contudo, apenas cerca de 0,008 %, do seu total é potável, ou seja própria para o consumo
Um dos principais problemas é o consumo excessivo e a poluição.
Grande parte dos rios, lagos e oceanos encontram-se poluídos. A sua contaminação é uma realidade cruel e que afeta todos os seres vivos e direta, ou indiretamente a espécie humana.
A preocupação acerca da qualidade e quantidade de água potável (água própria para consumo), não é recente, mas cada vez é mais urgente, porque a previsão de muitos cientistas é bastante “negra”, pois creem que, num futuro muito próximo, a água possa vir a não ser suficiente para o consumo da população mundial. Embora esta seja uma situação já infelizmente vivida por muitos dos povos do nosso planeta, poderá vir a tornar-se numa situação global e ainda mais catastrófica.
Esta data tem de ser mais do que uma celebração pontual deste precioso bem, um sinal para que todos os dias nos lembremos deste bem essencial à vida. Mais facilmente um ser vivo sobrevive sem alimento do que sem água. E isto é válido, também e particularmente, para nós humanos. Assim, no nosso dia-a-dia todos temos de nos lembrar que a água é um bem comum e que os desperdícios ajudam a coloca-la em risco. Todos temos o dever de preservar este bem natural que é a água.
Nesse mesmo dia de março de 1992, a ONU divulgou, ainda, a “Declaração Universal dos Direitos da Água”, que hoje transcrevemos:
Art. 1º - A água faz parte do património do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos. 
Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo o ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado no Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem. 
Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e moderação. 
Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e dos seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam. 
Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos antepassados; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. A sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do Homem para com as gerações presentes e futuras.
Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor económico: é preciso saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo. 
Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, a sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis. 
Art. 8º - A utilização da água implica o respeito pela lei. A sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo Homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo Homem nem pelo Estado. 
Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos da sua proteção e as necessidades de ordem económica, sanitária e social. 
Art. 10º - O planeamento da gestão da água deve ter em conta a solidariedade e o consenso em razão da sua desigual distribuição sobre a Terra.

Não se esqueçam, entre muitas outros aspetos:
Tomem banho de chuveiro e não de emersão;
Na descarga do autoclismo utilizem o economizador;
Não deixem a torneira a correr enquanto lavam as mãos;
Não poluam as águas;
Vamos todos contribuir para a preservação deste bem essencial á vida que é a ÁGUA!

A Equipa d´O Ciclista

quarta-feira, 21 de março de 2012

Dia da Árvore / Dia da Floresta


O equinócio de março ocorreu ontem pelas 5 horas e 14 minutos. Até agora o dia 20 foi o “escolhido” pelo equinócio para marcar a chegada da primavera. Apenas em 2003 e 2007 é que o dia 21 de março foi o primeiro dia de primavera. Ciclicamente tem-se verificado que os equinócios têm chegado mais cedo, prevendo-se que a partir de 1044 haja, em alguns anos, a sua antecipação para o dia 19.

Mas a chegada da primavera difere de hemisfério para hemisfério. No sul ela inicia-se em setembro. No hemisfério norte chama-se "primavera boreal", e no hemisfério sul "primavera austral".
Este é o dia em que a duração do dia e da noite se equivalem e assinala o início da estação das flores.
O Ciclista relembra que neste dia se celebram diversas efemérides, nomeadamente: o Dia Mundial da Árvore, o Dia Mundial da Floresta, o Dia Mundial da Poesia (UNESCO), o Dia Mundial do Sono e o Dia Mundial para a Eliminação da Discriminação Racial.
O Ciclista decidiu honrar a poesia com a apresentação do poema de Florbela Espanca - Ser poeta e o Dia da Floresta e da Árvore com a Carta dirigida às Árvores, do Manuel Garruço, do 7º ano da turma F.
Ser poeta
Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!
É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!



Carta dirigida às Árvores

Pereiro, 26 de janeiro de 2012.
Queridas árvores,
            Estou a escrever-vos esta carta para vos agradecer o ar respirável que nos dais. Infelizmente esse ar está a desaparecer, por causa de atos humanos errados.
 Admiro-vos também por serem protetoras de tantos animais, oferecendo-lhes abrigo, quando precisam dele.
            A fim de vos proteger, vou tentar que as pessoas mudem as suas atitudes e não atirem lixo para o chão, que as indústrias coloquem filtros nas chaminés, que as pessoas não usem sprays com CFC´S e que todos andem mais a pé ou de bicicleta. Vou também tentar convencer as pessoas a cortar-vos menos e a usarem papel reciclado. Se vos cortarem, deverão sempre plantar novas árvores.
            Acabo esta carta, prometendo-vos que vou cuidar de vós e não vos dececionarei.

                                                           Um abraço com carinho,
                                                           Vosso amigo,
                                                                       Manuel

Manuel Garruço, 7º F



A Equipa d´O Ciclista

terça-feira, 20 de março de 2012

Dia Mundial da Agricultura


20 de março de 2012
Sabiam que também existe um "Dia da agricultura"?
A exploração do solo é, sem qualquer dúvida, um feito extraordinário na vida do Homem. Neste dia em que se celebra o dia da Agricultura devemos encará-lo como um louvor àqueles que, ainda Hoje, trabalham o solo e são os primeiros responsáveis por termos aqueles deliciosos pratos que diariamente apreciamos e nos dão força para encarar o nosso dia a dia. O crescer das crianças e jovens. Nos dão energia para estudar, trabalhar, … e até brincar!
A agricultura é uma atividade que teve início há mais de 10 mil anos. Nessa época o Homem era nómada, porque se deslocava de lugar para lugar em busca de alimento, quando este começava a escassear ele mudava-se.
Assim, enquanto o homem caçava ou pescava, a mulher cuidava dos filhos e recolhia as folhas, as flores, os frutos,  … para saciar a fome da sua família ou tribo. A mulher começou a observar que pelos locais que ela passava brotavam plantas que ali não existiam antes. Mas, verificaram ser as mesmas que transportavam. Se ao deixarem cair algumas das sementes ou dos frutos que levavam, espontaneamente elas nasciam, então podiam imitar a natureza e semear. Assim nasceu a Agricultura!

A Equipa d´O Ciclista

segunda-feira, 19 de março de 2012

Dia do Pai

19 de março de 2012




Para o único pai da nossa equipa e para cada Pai "Ciclista", a nossa equipa deseja um dia muito feliz!

A Equipa d´O Ciclista

domingo, 18 de março de 2012

Auto da Barca do Inferno


Apresentamos, hoje e no próximo dia 29, duas composições sobre o Auto da Barca do Inferno elaboradas pelo Daniel Bucher e pelo Miguel Pereira, do 9º C, nas aulas de Língua Portuguesa.
Estes dois alunos decidiram presentear-nos com duas bem animadas "sátiras" que não são mais que uma adaptação moderna feita ao auto de Gil Vicente do julgamento das almas.

A Equipa d´O Ciclista



Cena I – Boss AC

(As falas desta personagem devem ser declamadas em versão rap)
Boss AC- Yo Satanás, meu rapaz, diz-me lá como estás.
Diabo – Ora excelentíssimo Boss Ac, vejo que estais interessado na minha vida. Entrai nesta barca, pois então.
Boss AC- Ei pessoal, esta até cheirou mal. Este gajo a “repar” é pior que um animal.
Diabo – Mas entrai, entrai que cá esclareceremos isso.
Boss AC- Digo não Satanás, que pensas de mim então? Pensas que eu fui cremado e que pedi um caixão. Pensas que eu sou maluco mas nessa barca não entro não. Há ali um outro que apoia a minha religião.
Diabo – E julgas tu ter lugar naquela barca quando toda a tua vida só pensaste em “repar”?
Boss AC- Calma aí, calmeirão, essa aí não pega não. Sabes que, com estas mãos, ajudei os meus irmãos. Deus iluminou a minha carreira e esteve sempre comigo quando fiz asneira.
Boss AC- Vejo que estás convicto de que naquela barca passarás mas ainda vais voltar aqui para o Satanás.
Diabo – Meu irmão, pois então, não penses nisso não. Preferia ficar estéril do que cair na tua mão.
Boss AC dirige-se à barca do Paraíso.
Boss AC- Yo Anjo, que tal estás, estou aqui e venho em paz.
Anjo – Vejo que sim, e pecados não terás?
Boss AC- Se tu representas Deus, sabes que nele pensei e pecados nesta vida, se tinha, lá os remediei.
Anjo – Vejo que estás a par da tua situação mas responde-me lá, a ajuda foi do coração?
Boss AC- Pois claro, pois então. Quando ouviste os meus beats, devias ter atenção.
Anjo – Tens razão, tens razão, mas responde-me a esta questão: quem ajudaste, precisava da tua mão?
Boss AC- Meu amigo, pois então. Não querias que ajudasse um ladrão.
Anjo – Visto que no teste passaste e uma vida pura levaste, deixo-te entrar com toda a satisfação.

 Miguel Pereira, nº 21, 9º C