Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

sábado, 31 de dezembro de 2011

Mensagem de Ano Novo


Os dias, que se vivem atualmente, revestem-se de grande importância para todos nós e constantemente são marcados pela mudança.
No que diz respeito à nossa realidade, não falo apenas no nosso recém-criado Agrupamento, nem da instabilidade económica e social que atravessamos, mas da mudança a nível da própria cultura da educação. Educação entendida num sentido muito mais lato do que a que é transmitida pela Escola. Saliento assim o papel dos educadores, particularmente dos pais, fundamental para a garantia de um futuro mais promissor.
Dirijo-me, por isso, a todos os educadores: pais, professores, funcionários e a todos aqueles que têm esta nobre missão entre mãos.
E, como diz Jean Piaget:
“A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe."
Os meus votos para o ano de 2012, que está prestes a chegar, vão no sentido de que todos nós realizemos uma educação assente nos mais sólidos pilares de uma sociedade justa, trabalhadora, honrada, responsável e digna, dotada de mecanismos condutores no desenvolvimento e bem-estar comuns.
A todos, expresso os meus sinceros votos de um Feliz Ano Novo!

Elói Gomes, Diretor do AEA

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Torneio de Boccia na Escola Básica nº 2 de Vilarinho do Bairro



O Ciclista publicou ontem a reportagem do nosso "correspondente" da Escola Básica nº 2 de Vilarinho do Bairro, dr. Rui Godinho, sobre o Torneio de Boccia,  esta atividade realizada no passado dia 7 foi documentada em fotografia, que hoje damos a conhecer.



A Equipa d´ O Ciclista

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Torneio de Boccia na Escola Básica nº 2 de Vilarinho do Bairro


Numa iniciativa do Grupo de Educação Especial da Escola Básica nº 2 de Vilarinho do Bairro, com a colaboração fundamental do Grupo de Educação Física desta mesma escola, decorreu um torneio de Boccia, com a presença de um campeão paralímpico nesta modalidade.
Esta actividade inseriu-se no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que se assinala a 3 de Dezembro. Mas decorreu no dia 7, no Pavilhão Desportivo de Vilarinho do Bairro.
Participaram várias equipas de alunos de Vilarinho, bem como uma equipa oriunda da Escola Básica nº 2 de Anadia e outra da Escola Básica da Fogueira.
Mas o grande destaque vai para a presença do atleta paralímpico António Oliveira Marques, bem como dois outros atletas nacionais, ligados à Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra. António Oliveira, de 48 anos de idade e natural de Aveleira (Penacova), pratica esta modalidade desde jovem, tendo atingido o auge da sua carreira nas duas últimas olimpíadas: Pequim, em 2008, onde obteve duas medalhas de prata, e Atenas, em 2004, onde foi campeão paralímpico por equipas.
A presença deste atleta de alto gabarito na modalidade foi um excelente tónico para todos os alunos participantes, visto tratar-se de um exemplo de perseverança e dedicação ao trabalho. Foram muitos os autógrafos pedidos e as fotos conjuntas, algo a que António Oliveira sempre acedeu com toda a simpatia. O estrelato desportivo e a sua condição de deficiência não o impediram de distribuir sorrisos, mas sobretudo a ideia de que, por muitas barreiras que nos surjam, há sempre uma maneira de as ultrapassar.
Quando interrogado sobre as dificuldades sentidas para poder treinar (efectua pelo menos 3 treinos semanais), devido às barreiras físicas, respondeu peremptoriamente que não havia problema, porque tem transporte assegurado em todos os percursos necessários para o efeito.
Lamentou, contudo, o desconhecimento quase global desta modalidade desportiva, pois vê poucas referências na Comunicação Social e nota pouco público a assistir aos torneios e campeonatos.
Todavia, encara o futuro com optimismo, sempre disponível para trabalhar a sua condição de atleta, mas também para participar em acções de divulgação como esta em Vilarinho do Bairro. Deixou uma palavra de incentivo a todos, sobretudo aos alunos que o acompanharam, para que não desistam à primeira contrariedade.
Dentro deste optimismo enquadra-se o objectivo mais importante da carreira deste atleta, na actualidade: a sua participação nos Jogos Olímpicos de Londres, já no próximo ano. António Oliveira trabalha com todo o afinco e entusiasmo nesse sentido, para conseguir atingir um desempenho ao nível do que já habituou os portugueses mais atentos à sua modalidade.
Este exemplo de “profissionalismo” foi demonstrado no próprio aquecimento dos atletas, cada um com o seu treinador individual. Foram exercícios que captaram a atenção dos jovens presentes, mas que demonstram também que, mesmo numa actividade sem a pressão da alta competição, há que assumir uma atitude responsável.
Em jeito de balanço efectuado pelos professores responsáveis por esta actividade fica a satisfação de terem proporcionado uma manhã diferente a todos quantos compareceram, permitindo um alerta para as dificuldades sentidas pelos deficientes no seu quotidiano. E, tal como António Oliveira, aproveitam a “deixa” para a todos lembrar que, com esforço e empenhamento, todas as barreiras podem ser derrubadas.


Rui Godinho, O Ciclista

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Espumantes da Bairrada


Há pouco tempo, informámos que os alunos de 7º ano de escolaridade se encontram a estudar diferentes tipos de textos de carácter jornalístico, entre os quais a notícia, a reportagem e a entrevista.
Hoje, vamos então dar-vos a conhecer uma entrevista efetuada por um aluno do 7º F e que foi realizada precisamente nas Caves de São Domingos, situada na nossa região.
Ora vejamos!
Sara Castela, O Ciclista

Espumantes da Bairrada

A atual região da Bairrada foi pioneira na produção de espumantes em Portugal.
Nos finais do séc. XIX, mais concretamente no ano de 1890, iniciou-se a produção de espumantes, após três empreendedores terem adquirido conhecimentos profundos na região de champanhe.
O sucesso dos espumantes portugueses foi tal que obtiveram no ano de 1900 a medalha de ouro, no concurso internacional em Paris. A partir deste evento, surgiram na Bairrada muitas empresas, que se dedicaram à produção de espumantes. No entanto, atualmente, este é um setor em grande dificuldade e grande parte destas empresas encontram-se encerradas.
Para obtermos mais informações sobre este assunto, resolvi entrevistar Alberto Rocha, um comercial das Caves São Domingos.
JR.- Há quanto tempo exerce a sua profissão?
AR.- Iniciei-me como comercial, na área dos vinhos, há 27 anos nas, então, designadas Caves Monte Castro.
JR. -Quais as zonas do nosso país onde exerce a sua atividade?
AR. – Exerço a minha atividade um pouco por todas as regiões, incluindo as ilhas (Madeira e Açores)
JR. – Conhecendo bem este tipo de mercado, quais as diferenças que existem em termos de consumo de produtos entre o Norte e o Sul?
AR.- No Norte, ou seja, acima de Coimbra, deparo-me com grandes conhecedores e apreciadores dos espumantes. Porém, se nos encaminharmos mais para Sul, os hábitos de consumo deste produto são mais reduzidos e os consumidores são menos esclarecidos.
JR.- Com a crise económica que, neste momento, o nosso país enfrenta, como estão a conseguir ultrapassar esta situação?
AR.- Tentando esclarecer os consumidores sobre a nossa qualidade e conquistando novos pequenos mercados.
JR.- Muito obrigado pela disponibilidade dispensada.
AR – Obrigado eu também pela preocupação revelada, no que diz respeito a este assunto que tem a ver com a nossa região, a Bairrada.
E para finalizar, podemos assim concluir que este setor tem tido altos e baixos devido em grande parte à concorrência de produtos similares estrangeiros a preços mais reduzidos. No entanto, as caves que restam têm-se empenhado em produzir espumantes de grande qualidade, para ultrapassar as dificuldades

João Pedro Rocha, nº 14, 7º F 

sábado, 24 de dezembro de 2011

Mensagem de Natal


Natal, época de celebração do nascimento, tempo de bondade, de perdão, de união, paz e amor. E, neste ano, ainda devemos estar mais atentos para os problemas que a nossa sociedade enfrenta.
Vamos todos dar as mãos, unir esforços e, com toda a sinceridade, esforçarmo-nos para que cada momento da vida seja vivido por todos com esperança.
Contudo, não nos queremos limitar apenas a esta época natalícia. Como tal, gostaríamos de prolongar o sentir de António Gedeão, para todos os dias do ano, bem patente no seu poema, Dia de Natal:

Hoje é dia de ser bom.
É dia de passar a mão pelo rosto das crianças,
de falar e de ouvir com mavioso tom,
de abraçar toda a gente e de oferecer lembranças.

(…)

Mas a maior felicidade é a da gente pequena.
Naquela véspera santa
a sua comoção é tanta, tanta, tanta,
que nem dorme serena.

Cada menino
abre um olhinho
na noite incerta
para ver se a aurora
já está desperta.
De manhãzinha,
salta da cama,
corre à cozinha
mesmo em pijama.

Ah!!!!!!!!!!

Na branda macieza
da matutina luz
aguarda-o a surpresa
do Menino Jesus.

(…)

Dia de Confraternização Universal,
Dia de Amor, de Paz, de Felicidade,
de Sonhos e Venturas.
É dia de Natal.
(…)

E para finalizar, só me resta desejar um Feliz Natal para todos.

Elói Gomes, Diretor do AEA

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Lettre du Père Noël de France!




Bonjour, les élèves d´ Anadia.

C’est  moi, le Père Noël de France !
Je suis  gros, gai et très sympathique. Je suis amusant, curieux et très, très intelligent comme vous.
J’aime les enfants!

BON  NOËL !


Trabalho realizado pelo 7º Ano Turma A

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Mes petits écrivains d’hiver


Les prochains jours, 23, 26 et 27, nous présentons les textes écrits par les élèves des classes de «7º et 8º de l’école EB nº 2 de Anadia». Ces textes ne peuvent être publiés qu’en ce moment et la professeure de français, Licínia Vieira, a suggéré le titre «Mes petits écrivains d’hiver».
N’oubliez pas que ses élèves en sont à leur première ou deuxième année de français.
Délectez vous avec la douceur de ces textes.

A Equipa d´ O Ciclista

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Mensagens de Natal dos alunos do CEF


Na última aula de Língua Portuguesa deste primeiro período, os formandos das turmas de CEF: 8º F e 8º G decidiram pintar cada um a sua estrela de Natal e, à medida que o foram fazendo, lembraram a importância de determinados valores como a solidariedade, o espírito de entreajuda e o companheirismo e que, muitas das vezes, são esquecidos pelos jovens. Por outro lado, relembraram também a importância da família, onde deverá reinar a paz, a alegria e a harmonia.
8º F

8º G

E como mensagem final, a todos querem desejar um Feliz Natal.

Sara Castela, O Ciclista 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Dia Mundial da Luta contra a SIDA



Celebrou-se no dia 1 de dezembro o Dia Mundial da Luta contra a SIDA, instituído pela Organização Mundial de Saúde. O Ciclista prometeu abordar esta temática e aqui estamos a cumprir a promessa feita. Pretendemos, com esta rubrica, que hoje apresentamos, sensibilizar para este problema.
A SIDA, síndrome de imunodeficiência adquirida, resulta da infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH), que ataca e destrói as células do nosso sistema imunitário. Assim, a infeção com o VIH significa ter o vírus no organismo. Uma pessoa passa a ter SIDA, quando as defesas do seu organismo estão demasiado enfraquecidas para “combater” infeções para as quais normalmente estaria imune.
Para saber mais pode consultar o sítio da Roche, http://www.roche.pt/sida/o_que_e_a_sida/, onde poderá, também, visualizar um excelente vídeo.


 Equipa d´O Ciclista

domingo, 18 de dezembro de 2011

Dia Internacional das Migrações


18 de dezembro de 2011

O jornal PÚBLICO e o projeto ConTacto Cultural promoveram, em Maio, em Lisboa, um debate entre jovens de várias origens para falar sobre migração, discriminação e integração. O PÚBLICO fez o vídeo e os jovens do ConTacto Cultural foram distinguidos pela Aliança das Civilizações das Nações Unidas, no âmbito do festival de vídeo jovem Plural+.
Fonte: Público

A Equipa d´O Ciclista

sábado, 17 de dezembro de 2011

Boas férias!


Bom trabalho!

A Equipa d´O Ciclista está ciente que este foi um longo período de trabalho, de estudo, de dedicação e de luta para muitos dos alunos.
Muitas das expetativas sonhadas foram atingidas, mas outras saíram frustradas.
Não desanimem! Ainda têm um longo caminho a percorrer e a batalha que vão travar não é fácil, nem vos vai ser oferecida numa bandeja. Têm de continuar a batalhar para atingirem a vitória. Sabemos que conseguem. Por isso, vão à luta!
Por agora, O Ciclista apenas vos quer desejar um bom descanso. Gozem as merecidas férias e retemperem as forças.
Aos senhores professores e funcionários desejamos um bom trabalho.

 Equipa d´O Ciclista

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Último dia!


A pasta, a mochila, os livros, os cadernos, o estojo, os lápis, as canetas, a borracha, a afia e … claro, nós, os alunos, estamos prestes a iniciar o tempo de descanso.
Falta apenas um dia. Faltam algumas horas. Algumas aulas! Mais um almoço na cantina. Mais uma viagem até à escola, depois até casa, a pé, de bicicleta, de carro, de autocarro,… Mas, sempre a última deste ano.
O cansaço espelha-se no olhar.
A ansiedade transpira em cada poro.
Há testes por receber, respostas que ficam por dar.
A incerteza paira no ar.
As notas por dar, algumas ainda por pensar… estamos todos a penar, a esperar.
Esperança!
Algumas vão-nos alegrar, outras talvez não.
Confiamos que sejam justas.
Mas, também há alegria, espírito de satisfação pelo trabalho cumprido.
Despedimo-nos agora, com tristeza, dos amigos, dos colegas, dos professores, dos funcionários, da turma, da escola.
Prometemos voltar.
Alegres, felizes, com novo ânimo, mas sempre, sempre conscientes de que é preciso estudar.
Mas, por agora:
Vivam as férias!

 Adriana Matos e Sofia Matos, O Ciclista

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Feira da Ladra


Amanhã, dia 16 de dezembro e durante a manhã, O GIC (Grupo de Intervenção Comunitária) e a disciplina de EMRC dinamizam, mais uma vez, a Feira da Ladra.
Esta atividade destina-se ao são convívio entre os elementos da comunidade educativa mas, também, à angariação de fundos para o auxílio a alunos mais carenciados.
O GIC solicita a colaboração de toda a comunidade educativa da escola, nomeadamente os pais / encarregados de educação, para virem diretamente nesse dia à escola, ou participarem indiretamente através do envio pelo seu educando de produtos cuja venda reverterá a favor do GIC. Quaisquer produtos desde hortaliças, salsa, batatas, milho, ovos, animais, compotas, bolos, ou outros, podem ser enviados.
Desde já o GIC agradece a disponibilidade em ajudar.

A Equipa d´O Ciclista

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Halloween - Dia das Bruxas


Ontem publicámos a notícia. Hoje apresentamos as fotos do teatro realizado, pelo Clube de Teatro e Expressão Dramática, no dia do Halloween - Dia das Bruxas, com a música que lhe esteve associada.
O fascínio do momento apenas pode ser vislumbrado através do efeito, mas fica a magia!


A Equipa d´O Ciclista

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Clube de Teatro e Expressão Dramática


No dia 31 de Outubro, o CLUBE DE TEATRO E EXPRESSÃO DRAMÁTICA da Escola Básica Nº 2 de Anadia, coordenado pela docente Alice Lourenço, comemorou o Halloween - Dia das Bruxas. Foi uma espécie de ensaio geral com público, uma vez que houve apenas dois ensaios.
O espetáculo teve início com a dramatização da peça adaptada “Doçuras ou Travessuras”, protagonizada pelos alunos do 5º D, com a participação muito especial da ATO sra. Helena, caracterizada a rigor, no papel de Bruxa boa, que muito gentilmente ofereceu doçuras a todos que vieram assistir.
Para finalizar, o grupo constituído por alunas do 8º B e D apresentou uma dramatização também alusiva ao tema.
A música esteve por conta da aluna: Melissa (8º D) e foi escolhida pelos alunos do CTED.
A maquilhagem esteve por conta das alunas do 7º E, que em muito nos apoiaram.
O cenário foi realizado pelos alunos do 8º D (em Artes Visuais) e teve a colaboração da docente de EV, Isabel Amaral e ainda dos alunos Pedro Sousa e Filipe Louro, do Clube de Expressões (Ed. Especial – profª Delminda Leitão).  
As docentes que gentilmente cederam uma parte das suas aulas e acompanharam as turmas do 5º D e 8º D ao espetáculo foram as Professoras Anabela Marques, Nubélia Faria (Matemática) e Aldora Carvalho (História);  também esteve presente a Encarregada de Educação de um ator do 5º D.
Decidiu-se por uma apresentação limitada às turmas dos alunos do CTED, evitando a interrupção das atividades letivas, e também tendo em conta as precárias condições acústicas do palco existente no Polivalente da Escola.

O CTED funciona às 2ªs e 5ªs feiras, das 12h às 12h45m e ainda tem vagas, para quem estiver interessado em colaborar.
A próxima apresentação será ainda neste período, e o tema será “A Paz ”.

Alice Lourenço, Clube de Teatro e Expressão Dramática da Escola Básica nº 2 de Anadia

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Dia Internacional das Montanhas


Ontem, dia 11 de dezembro de 2011, celebrou-se também, o Dia Internacional das Montanhas.
Muitos dos nossos leitores devem questionar-se porque é que este é um dia a celebrar.
Podíamos apenas referir que as montanhas são ecossistemas terrestres e, como tal apresentam uma grande biodiversidade de fauna e de flora, e diversidade cultural que lhe confere uma extraordinariamente importância.
Mas, não é só!
As montanhas são lugares, por excelência, de lazer, onde se pode encontrar uma beleza paisagística única e indescritível. Desde os simples passeios, a pé ou de bicicleta, as merendas, os banhos nos lagos e rios esplêndidos (com vigilância!), o deslizar na neve, a escalada, a canoagem e mais, muito mais!…
As montanhas são o principal centro abastecedor de água potável. Esta água abastece toda uma população, não apenas aquela que se localiza nas próprias áreas montanhosas, como toda a população.
Desde há muito que assistimos à destruição de património natural e cultural encetado pelo Homem. Hoje, O Ciclista pretende alertar para a destruição e degradação paisagística deste extenso e importante património, que são as montanhas. Esta destruição é particularmente visível nas áreas onde a pressão humana aliada ao aquecimento global e às consequentes alterações climáticas mais se faz sentir.
Muitos são os “massacres” a que as montanhas têm sido sujeitas, mas, apenas vamos salientar alguns. O degelo provocado pelo aumento do efeito de estufa. As próprias inundações, fruto das chuvas que em excesso se aliam a um desordenado povoamento humano. O aumento das temperaturas que se transforma num calor insuportável faz aumentar o número de incêndios, que dizimam áreas de valor incalculável.

A Equipa d´O Ciclista

domingo, 11 de dezembro de 2011

Dia Internacional do UNICEF




11 de dezembro de 2011
Lembrar a UNICEF é lembrar das crianças, pois a UNICEF é a única organização que a nível mundial se dedica às crianças.
A UNICEF faz parte das Nações Unidas. O seu objetivo geral é a promoção da defesa dos direitos das crianças. Este integra a ajuda às necessidades básicas e a contribuição para o desenvolvimento das crianças.
A UNICEF desenvolve a sua ação em conjunto com os governos nacionais e com organizações locais. Esta ação visa o desenvolvimento a vários níveis, nomeadamente da saúde, educação, nutrição, água e saneamento. Atua, também, em situações de emergência, nomeadamente em defensa das crianças vítimas de guerras e de outras catástrofes.
A UNICEF desenvolve a sua ação em todo o mundo, num conjunto de 158 países, nomeadamente em Portugal.





Amanhã dedicaremos uma reportagem especial sobre o Dia Internacional das Montanhas que, também, hoje se celebra.

A Equipa d´O Ciclista

sábado, 10 de dezembro de 2011

Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos


10 de dezembro de 2011
Iniciou-se em 1950, a convite da Assembleia Geral, a celebração do Dia dos Direitos Humanos, através da resolução 423 (V).
A 10 de dezembro de 1948 foi aprovada, pela Assembleia Geral, a Declaração Universal dos Direitos Humanos».
A seguir apresentamos a declaração Universal dos Direitos Humanos.




A Equipa d´O Ciclista

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O céu também tem degraus


O céu também tem degraus é uma obra de Luís Ferreira cuja apresentação estará a cargo da escritora Vanda Paz e dos alunos do nosso Agrupamento. A sessão de apresentação deste livro realiza-se amanhã, dia 10, de dezembro, na Biblioteca Municipal de Anadia, pelas 16 horas.

A Equipa d´O Ciclista

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Operação 10 Milhões de Estrelas

Um Gesto Pela Paz
“10 Milhões de Estrelas – Um Gesto Pela Paz” nasceu em 1984, em Annecy (França), durante o tempo do Advento. Em 1991, Portugal adotou-a durante o período do Natal.
O crescente pedido de ajuda que se tem feito sentir, face à atual crise, levou a Cáritas a reforçar a tradicional campanha de Natal.
As velas podem ser adquiridas, nas lojas Pingo Doce, na Cáritas Diocesana e nas paróquias de todo o país, por apenas 1 €.
Este ano a Cáritas aposta na inovação e recorre às novas tecnologias. «Ilumine a vida de quem mais precisa» é o mote escolhido para dar a conhecer as duas novas aplicações para IPhone e IPad: uma vela digital (por 1,60€) que iluminará dia e noite estes dispositivos. A partir do seu computador pessoal pode-se associar a esta iniciativa, Para tal, basta aceder à Apple Store e subscrever esta original aplicação digital.Os utilizadores de iPhone e iPad podem subscrever a aplicação da Cáritas Portuguesa na Apple Store.
O destino das receitas reverte a favor das famílias e pessoas em situação de carência socioeconómica em Portugal, 65% e os restantes 35% revertem para a causa internacional da Somália, para ajudar a população afectada pela seca e o auxílio às vítimas dos conflitos no país.
À semelhança de anos anteriores, o valor final recolhido nesta campanha, promovida pela Cáritas Portuguesa e pelas diversas Cáritas Diocesanas do país, será aplicado em duas causas distintas: 65 por cento reverterá que serão ajudadas através das paróquias; e 35 por cento reverterão para a ajuda alimentar à Somália.

Ao longo da campanha, a página oficial da Cáritas Portuguesa no Facebook vai sendo diariamente atualizada com as novidades sobre este projeto.


Na noite de 24 de Dezembro acenda uma vela pela PAZ.

A Equipa d´O Ciclista

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Dia de Timor-Leste


7 de dezembro de 2011
Porquê relembrar este dia, também chamado Dia dos Heróis Nacionais?
Muitos do nossos leitores não sabem que Timor pertenceu a Portugal. Por si só, este seria um bom motivo para falar sobre este jovem país. Contudo, este avivar da memória para muitos e uma informação para outros tem a ver com o facto de o povo de Timor ter sofrido uma das maiores atrocidades praticadas pelos homens.

Para além de todos os anos de vil crueldade que resultou num longo genocídio de timorenses, O Ciclista salienta, particularmente, o dia 12 de Novembro de 1991, quando o exército indonésio disparou sobre a população que se encontrava no cemitério de Santa Cruz, em Díli. Cerca de 200 pessoas foram mortas no local. O jornalista captou as imagens e conseguiu fintar os indonésios e transmitir ao mundo a cruel realidade que o povo timorense enfrentava.
Neste ano de 2011, em que se comemoram os 20 anos deste massacre, pretendemos, apenas, que o mundo não esqueça!

A Equipa d´O Ciclista

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Castanhada na Escola Básica nº 2 de Anadia


O Ciclista prometeu apresentar as imagens colhidas no dia da castanhada.
O S. Martinho, tal como previram as nossas jovens jornalistas, decidiu que este ano não havia o apregoado verão. O Polivalente vestiu-se de castanho e acolheu as centenas de alunos, professores e funcionários que juntos comemoraram esta festividade. Nesta animada festa, não faltaram as tradicionais castanhas e jeropiga, sumo para os mais novos, e algumas caras enfarruscadas!
 Agora, só nos resta relembrar esse dia com as imagens colhidas pelo coordenador do Clube da floresta, o sr. dr. Nuno Müller.

A Equipa d´O Ciclista

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dia Mundial do Voluntário para o Desenvolvimento Económico e Social


5 de dezembro de 2011

“A Assembleia Geral convidou os Governos a comemorar todos os anos, a 5 de Dezembro, o Dia Internacional dos Voluntários para o Desenvolvimento Económico e Social, e exortou-os igualmente a adotar medidas para que se tenha maior consciência da importante contribuição dada pelos voluntários, o que incentivará mais pessoas de todas as condições a oferecer os seus serviços como voluntários, tanto no seu país como no estrangeiro (resolução 40/212, de 17 de Dezembro de 1985).”
Centro de Informação das Nações Unidas em Portugal <http://www.onuportugal.pt/>

A Equipa d´O Ciclista

domingo, 4 de dezembro de 2011

Mark Twain



Mark Twain, pseudónimo de Samuel Langhorne Clemens, nasceu a 30 de novembro de 1835, no Missouri Estado da Florida e faleceu em 1910.
 Este escritor, humorista e conferencista norte-americano, ficou particularmente famoso pelos romances de Tom Sawyer, “The Adventures of Tom Sawyer” (1876), que povoam a infância de todos nós. 
O seu humor e pensamentos eram bastante apreciados, pelo que O Ciclista apresenta alguns:
É preciso ter cuidado com os livros de saúde, podemos morrer por culpa de uma errata.
“Cada um de nós é uma lua e tem um lado escuro que nunca mostra a ninguém.”
“A função correta de um amigo consiste em apoiar-te quando erras. Infelizmente, a maior parte das pessoas só está do teu lado enquanto permaneces no caminho certo.”
“Recolha um cão de rua, dê-lhe de comer e ele não morderá: eis a diferença fundamental entre o cão e o Homem.”
“Há duas ocasiões na vida em que uma pessoa não deve jogar: quando não tiver posses para isso - e quando tiver.”

A Equipa d´O Ciclista