Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante e Matilde Santos

Alunos: André Castro, Henrique Ferreira

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

terça-feira, 1 de agosto de 2017

As mais pequenas coisas da vida



Certo dia, uma rapariga estava sentada num banco de um bonito jardim e, de repente, viu uma mendiga, sendo uma senhora já de idade, sem dinheiro, sem calçado, sem comida. A senhora, por sua vez, estava a dar comida que apanhava do chão aos pássaros. Na verdade, estes eram a sua companhia, o seu bem-estar.
    A rapariga olhava para a senhora fixamente, pois tinha um ar que nunca tinha visto numa mendiga, uma vez que tinha um ar feliz.
    De seguida, a jovem voltou para casa e pensou durante horas:
- Por que razão será que aquela figura se sentia tão feliz?
  No dia seguinte, à mesma hora, sentou-se no mesmo banco, à espera que a mendiga aparecesse. Eis, então, que ela apareceu e se sentou precisamente no banco da frente a dar comida aos pássaros. Entretanto, a rapariga ganhou coragem, aproximou-se dela e perguntou-lhe:
- Desculpe-me, minha senhora, mas gostaria de saber porque é que se sente tão feliz, se é mendiga, e não tem nada na vida?
- Claro que tenho! Tenho tudo o que preciso, a melhor companhia. – respondeu ela, olhando à sua volta.
A partir desse dia, a rapariga criou um livro sobre a necessidade de as pessoas darem valor às pequenas coisas da vida que, muitas das vezes, acabam por ser uma verdadeira companhia do ser humano.
Ana Hernandez, 7.º F


Sem comentários:

Enviar um comentário