Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Professoras: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante, Matilde Santos e Sofia Pedrosa

Alunos: Daniel Almeida, Henrique Ferreira, João Rocha e Tomás Antunes

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

O perigo nos mares



Certo dia, lá estava eu num navio de carga importante, com a tripulação mais fiel que jamais conhecera. Eu, o capitão do navio, o meu amigo mais fiel e também primeiro imediato; Simão, o cozinheiro; Senhor Tomás, o observador super fiel para comigo e o resto da tripulação.
Estávamos a carregar ouro, marfim e entre outros recursos essenciais, até que o observador avistou um navio pirata. Nesse preciso momento, eu disse:
 - Tudo a estibordo, não podemos deixar que nos alcancem!!!
Mas, como o nosso navio era muito pesado, fomos rapidamente ao encontro dos piratas.
- Preparar os canhões!!! – ordenei eu.
- Canhões preparados e prontos para disparar, capitão! – exclamou um dos homens da minha tripulação.
- Disparar já!!! – solicitei eu mas, para minha admiração, não tínhamos acertado o navio com nenhuma bala de canhão.
Os piratas, por sua vez, preparavam-se para abordar o meu navio, quando simplesmente pararam, deram meia volta e foram-se embora. Eu não sabia o porquê mas, quando me virei de costas, deparei-me com um Forte de Portugal.
Foi a minha salvação e, até hoje, continuo a agradecer a Deus por me ter ajudado e também ao general por me ter ajudado a mim e à minha tripulação.
Rui Larmand Alvim Leal Rosmaninho, n.º 20, 7.º F

Sem comentários:

Enviar um comentário