Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

O que seríamos nós sem a escrita?

 Hoje em dia, o ato de escrever é muito importante na sociedade, pois através da escrita é que as informações chegam até nós de qualquer canto do mundo.
É importante lembrar que a escrita é uma das maneiras mais antigas de comunicação entre o homem e os acontecimentos que ocorrem no mundo.
 Mesmo com o avanço das tecnologias, podemos ver que essa prática é fundamental, e é graças a ela que podemos registar todos os factos ocorridos. Um exemplo do que acabei de referir é a área de História. Pois, como poderíamos nós ter conhecimento de factos que ocorreram no passado, se eles não tivessem sido escritos?
Caros leitores, já imaginaram um mundo onde não existisse a escrita? Como iriam escrever um bilhete, uma carta ou uma composição nas aulas de Português? Não existiriam listas telefónicas, nem livros, nem revistas e muito menos jornais, ou, se existissem, seriam só com figuras. Relativamente às nossas aulas, estas seriam normalmente expositivas recorrendo simplesmente à oralidade e não se ouviriam as tão habituais solicitações por parte dos nossos professores: "Leiam tais textos para a próxima aula" e “Abram o livro nas páginas…”.
Também não existiriam escritores e, como é óbvio, histórias, romances, contos, poesias. Atenção, só existiriam se fossem contadas de gerações para gerações!
Concluo assim que a escrita é uma das atividades mais importantes de sempre, uma atividade de tal importância que sem ela é quase impossível sobreviver.

Ricardo Fernandes, 9 º A (2013/2014)

Sem comentários:

Enviar um comentário