Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Professoras: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante, Matilde Santos e Sofia Pedrosa

Alunos: Daniel Almeida, Henrique Ferreira, João Rocha e Tomás Antunes

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

terça-feira, 29 de novembro de 2016

A propósito do Dia Mundial da Filosofia



O papel da Filosofia
A filosofia é a mãe de todas as ciências, que tenta compreender os mistérios da existência e da realidade, tenta descobrir a natureza da verdade, do conhecimento e da vida. Portanto, é difícil de definir com precisão o significado de filosofia, uma vez que este é tão complexo e controverso.
O termo filosofia vem do Grego philos+sophia, que significa “amor pela sabedoria”. Nesse sentido, a sabedoria é o uso ativo da inteligência, não de algo apenas passivo que uma pessoa possui. Sendo assim, a filosofia foca-se na curiosidade humana e no desejo de conhecer e compreender a realidade. É uma forma de inquérito – um processo de análise, criticismo, interpretação e especulação - que varia de indivíduo para indivíduo, pois somos todos diferentes e, como tal, pensamos de forma diferente.
Mas o facto de pensarmos de forma diferente, só tem contribuído para o avançar da nossa sociedade. As diferenças filosóficas levaram à queda de governos, mudanças drásticas da lei e à transformação inteira de sistemas económicos. Essas mudanças ocorreram porque as pessoas envolvidas se mantiveram fiéis às suas crenças, sobre o que é importante, verdadeiro, real, que tem valor e de como a vida devia ser.
O sistema educativo de uma sociedade assenta nas ideias filosóficas sobre o que uma criança devia ser ensinada e para que propósito. As sociedades democráticas acreditam que as pessoas devem aprender a pensar e fazer as suas escolhas por si próprias. Já as sociedades não democráticas desencorajam ou até proíbem tais atividades e querem que os seus cidadãos se submetam os seus próprios interesses aos do Estado. Deste modo, os valores e habilidades ensinados pelo sistema educativo de uma sociedade refletem as ideias filosóficas de uma sociedade e o que esta considera importante. A comemoração do Dia Mundial da Filosofia, estabelecido pela UNESCO em 2002, visa recordar esse propósito e importância do filosofar no desenvolvimento do espírito crítico no ser humano em todos os tempos e lugares deste planeta.
A mãe da ciência, a filosofia, identifica o núcleo da existência humana, já que todos nos colocamos questões como “Qual o sentido da vida?” ou “Existe vida depois da morte?”.
René Descartes, grande filósofo francês do século XVII dizia, “penso, logo existo”, remetendo-nos para a importância de que pensar é questionar e questionar é filosofar. A filosofia tem um papel fundamental na vida humana, e todos temos, de uma forma muito particular, o dom de pensar e de questionar.  
Ao estudar e abordar a filosofia de uma forma mais técnica e aprofundada podemos clarificar aquilo em que acreditamos e podemos ser estimulados a colocar questões da maior importância sobre a nossa existência.
Escola Básica e Secundária de Anadia, Henrique Negrão, n.º 8, 11.º A

Sem comentários:

Enviar um comentário