Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante e Matilde Santos

Alunos: André Castro, Henrique Ferreira

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

sábado, 23 de maio de 2015

Um encontro inesperado



Num dia claro de sol, a meio da tarde, lá estava eu sentado numa esplanada do meu café preferido, “O Roscas”, a beber um sumo, quando de repente aparece uma pessoa inesperada, que eu, na minha vida, nunca pensei ver. Era, pois, Miguel Sousa Tavares a sentar-se na esplanada mesmo ao meu lado. Nem quis acreditar no que os meus olhos viam.
Porém, quando eu olhei para a pessoa que estava a sentar-se precisamente ao meu lado, vi que era mesmo ele. Naquele preciso momento, ele olhou para mim e perguntou-me:
- Olá rapaz, como te chamas?
E eu já quase sem conseguir falar, tive que responder a gaguejar:
- Olá meu senhor, eu chamo-me Diogo.
- O que andas aqui a fazer sozinho? - questionou-me ele.

- Vim beber um sumo, mas já vou embora! - respondi eu novamente a gaguejar, ainda com vergonha e timidez.
- Não vás e também não precisas de ter vergonha. - acrescentou ele.
- Obrigado, meu senhor. Sabe? Eu gosto muito dos seus livros, principalmente de “O segredo do rio”. - afirmei eu, já mais calmo.
- Tu conheces esse livro? Pois bem! Foi um livro que, enquanto o estive a escrever, me emocionou muito.
- A mim também, senhor, desde o primeiro dia que o comecei a ler.
- Já não precisas de me chamar senhor. Basta chamares-me Miguel, está bem?
- Sim, Miguel.
- Agora tenho que ir embora, não te percas e continua a ler, porque ler faz bem à alma e ajuda os jovens como tu a desenvolverem a expressão escrita e a criatividade. - aconselhou-me o Miguel, com um sorriso simpático no rosto.
- Adeus! Gostei muito de o ver. - despedi-me eu, entusiasmado e feliz por ter tido a possibilidade de conhecer alguém que eu já admirava há muito tempo.
E assim, nessa tarde, consegui ganhar mais um amigo que me continua a dar os seus conselhos e que também é um bom amigo, sempre que eu precisar.
Diogo Santos, nº 4, 9º C – Vilarinho
Nota:
Imagem retirada da Internet.

Sem comentários:

Enviar um comentário