Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Professoras: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante, Matilde Santos e Sofia Pedrosa

Alunos: Daniel Almeida, Henrique Ferreira, João Rocha e Tomás Antunes

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

terça-feira, 12 de maio de 2015

7 dias com os Media



Liberdade de Expressão

            Antes do 25 de Abril de 1974, na época salazarista, não havia liberdade de expressão, não era permitida qualquer opinião que discordasse da ditadura em Portugal, pois, se isso acontecesse, a pessoa estaria sujeita a ser perseguida pela PIDE.
             Foram muitas as mulheres e homens que estiveram presos muitos anos, sendo alvos de torturas e alguns exilados por exprimirem a sua opinião política e lutarem contra a ditadura para que o povo tivesse liberdade, liberdade de expressão e liberdade de escolha dos seus representantes políticos, o que até então lhes era vedado. Nessa altura, se “O Ciclista” existisse, também seria vigiado pela Censura.
            Hoje em dia, já não nos podemos queixar do mesmo, uma vez que podemos escrever e nos exprimir livremente sobre qualquer assunto político, social e cultural. Felizmente não vivi nessa época, porém, em contrapartida, isto passa-se atualmente em algumas partes do mundo, onde as pessoas são impedidas de se exprimir, obrigadas a aceitar tudo o que lhes é imposto pelo governo autoritário. Muitas pessoas acabaram por se tornar conhecidas pela sua luta constante a favor da liberdade, como por exemplo, Nelson Mandela que esteve preso durante vinte e sete anos por tentar melhorar a vida do seu povo e acabar com o apartheid no seu país, África do Sul.
            Devemos assim sentir orgulho e satisfação por vivermos num país livre e democrático, em que a liberdade de expressão é um bem comum.
Manuel Garruço, O Ciclista

Nota:
Imagem retirada da Internet.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário