Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Professoras: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante, Matilde Santos e Sofia Pedrosa

Alunos: Daniel Almeida, Henrique Ferreira, João Rocha e Tomás Antunes

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

terça-feira, 11 de julho de 2017

Hidroponia



 
Hidroponia ou Aquaponia? Bom, antes de decidirmos vamos definir cada um deles.
Aquaponia é o casamento da piscicultura (criação de peixes) e hidroponia (cultivo de plantas sem solo).
O que sucede é que os peixes crescem juntamente com as plantas num sistema integrado, cujo objetivo principal é fornecer para as plantas a água rica em matéria orgânica e nutrientes provenientes da criação de peixes, tornando o sistema mais limpo e sustentável.
O nome Aquaponia é proveniente da combinação das palavras aquicultura (criação de organismos aquáticos) e hidroponia (cultivo sem solo).
De uma forma muito simplista pode-se descrever o Sistema de Aquaponia da seguinte maneira:
Os peixes são criados num tanque e são alimentados com ração. Como se sabe, os peixes libertam dejetos riquíssimos em nutrientes. E esses dejetos vão ser bombeados para o sistema de hidroponia para nutrir as plantas cultivadas. As raízes das plantas retiram da água, proveniente do tanque dos peixes, os nutrientes essenciais para o seu crescimento. Com isso as plantas purificam a água que retorna para o tanque de criação dos peixes.
Numa primeira fase, o que o nosso Agrupamento está a fazer, com o dinamismo propulsor da Dr.ª Licínia Simões e Dr.ª Anabela Nunes, é hidroponia (contemplando-se a possibilidade de avançar para a aquaponia).
Podem ver no primeiro piso, ala D (pátio da Educação Especial) o sistema que está a funcionar em perfeitas condições – e as culturas/plantas estão lindas e viçosas!
Para consolidar todo este processo, solicitámos a vinda ao nosso Agrupamento do Técnico Superior, João Lemos, pessoa com muita experiência nesta área e que nos vem dar formação (quarta-feira, dia 24 de maio).
Vamos, TODOS, aderir à hidroponia!
Aníbal Marques

Sem comentários:

Enviar um comentário