Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante e Matilde Santos

Alunos: André Castro, Henrique Ferreira

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

sábado, 29 de abril de 2017

Na Corte do Rei Magrinho



Numa manhã ensolarada, o Rei Magrinho, rei dos vegetais, das frutas e das leguminosas, como fazia habitualmente, foi verificar o número dos soldados dos seus exércitos. Já no reino das guloseimas, o Rei Gordinho ocupava-se a comer doces.
O Rei Magrinho verificou que o número de soldados era muito baixo porque muitos tinham fugido para o reino das guloseimas, onde se comiam doces a toda a hora, não se praticava exercício físico e se passava a maior parte do tempo a dormir!
Por isso, pensou que era urgente recuperar os seus soldados e decidiu declarar guerra ao reino das guloseimas.
E lá foram: magrinhos, saudáveis, ágeis, com os bolsos cheios de fruta fresca e saborosa.
Mal a batalha começou, o exército do Rei Gordinho demonstrou fraqueza pois os soldados não faziam uma boa alimentação e, por isso, não tinham força para correr e fugir do inimigo.
Percebendo a fraqueza dos adversários, os soldados do Rei Magrinho avançaram com toda a sua força e conseguiram vencê-los, capturando os seus antigos companheiros e outros soldados que, sem fôlego, estavam caídos pelo chão.
Chegados ao reino dos vegetais, das frutas e das leguminosas, como castigo, todos os soldados vencidos tiveram que optar por uma alimentação saudável.
Passados alguns meses, todas as pessoas daquele reino estavam saudáveis e felizes. Realizavam festas sem doces, mas muito divertidas, onde as frutas e os legumes, com a sua variedade e cor, davam um toque de alegria à festa.
Para os soldados capturados, o Reino das Guloseimas estava completamente esquecido e ninguém tinha saudades. Estavam agora rendidos à alegria de serem finalmente saudáveis.
Quanto ao Rei Gordinho… isso é outra história…
6.º A (2015/2016), Escola Básica e Secundária de Anadia

Sem comentários:

Enviar um comentário