Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Alunas: Adriana Matos, Ana Neta, Beatriz Agante e Matilde Santos

Alunos: André Castro, Henrique Ferreira

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Dia de Reis


Segundo a tradição cristã, o Dia de Reis celebra a visita dos “magos do oriente” ao Menino Jesus Cristo. A visita dos três Reis Magos, Melchior (ou Belchior), Gaspar e Baltasar, terá ocorrido no dia 6 de janeiro, mas é na noite do dia 5 para 6, a chamada “Noite de Reis” que se comemora o Dia.
Esta comemoração é feita com o tradicional bolo-rei ou bolo de Reis, que tanto é usual em Portugal como na Galiza. Reza a tradição que este deve conter no seu interior um brinde e uma fava.
Quando sai a fava a uma pessoa, esta é quem tem de comprar o bolo de Reis no ano seguinte.
Uma outra tradição deste período é “cantar as janeiras” de porta em porta, a intenção é que lhes sejam ofertadas iguarias, como doces, salgados, charcutarias, vinhos ou mesmo dinheiro.
Em França e no Quebec, Canadá, também se come uma sobremesa, a Galette des Rois (Bolo dos Reis), que contém um brinde no seu interior e no seu cimo é colocada uma coroa dourada. Quem encontrar o brinde na sua fatia, será coroado e terá de oferecer o bolo no ano seguinte. A galette é feita à base de massa folhada e recheio cremoso de amêndoa.
Em Espanha também existe a tradição de comer o Bolo de Reis. Porém, a tradição mais interessante é que é neste dia e não no Natal que se recebem os presentes. Assim, as crianças antes de irem dormir colocam os seus sapatinhos na janela com capim, para que os camelos dos Reis Magos se possam alimentar e retomar a sua viagem. Em troca do capim, os Reis Magos deixam doces para elas.

Adriana Matos e Sofia Pedrosa, O Ciclista
 


Sem comentários:

Enviar um comentário