Equipa d´O Ciclista

Clube de Jornalismo O Ciclista:

Coordenação: Dra. Graça Matos e Dra. Sara Castela

Dra. Miquelina Melo – Membro Honorário

Endereço de correio eletrónico - cj.eb23anadia@gmail.com

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Onda Rosa na Escola Básica de Vilarinho do Bairro



 A Escola Básica de Vilarinho do Bairro associou-se à iniciativa Onda Rosa 2017 a decorrer a nível nacional.
E no dia 30 de outubro comemoraremos o Dia Nacional de Luta Contra o Cancro da Mama.
Outubro Rosa é assinalado há já vários anos, mas desde 2014 esta comemoração assume a forma de uma campanha denominada “Onda Rosa”. O objetivo é passar a mensagem da prevenção, recorrendo à ideia de uma onda que “inunda” as várias dimensões da nossa vida quotidiana, seja nas ruas, nos transportes, no local de trabalho, nas escolas ou mesmo no mundo digital.
No mês de Luta Contra o Cancro da Mama, participe de forma criativa ou informativa!
Outubro é considerado a nível mundial, o mês Rosa, dedicado ao cancro da mama uma vez que a segunda quinzena do mês de outubro é balizada por duas efemérides: a 15 de Outubro assinala-se o Dia Mundial da Saúde da Mama e a 30 de Outubro o Dia Nacional de Luta Contra o Cancro da Mama.
É justamente neste período que o Departamento de Educação para a Saúde da Liga Portuguesa Contra o Cancro propõe, pelo quarto ano consecutivo, a campanha Onda Rosa.

O movimento conhecido como Outubro Rosa (Pink October no original) surgiu nos Estados Unidos, na década de 1990, para sensibilizar a população quanto à importância da prevenção na luta contra o cancro da mama.
Rapidamente se tornou uma campanha à escala mundial, sendo múltiplas as atividades realizadas de forma a fortalecer a necessidade e a importância da prevenção para um diagnóstico precoce.
Em Portugal, o Outubro Rosa é assinalado há já vários anos, mas desde 2014 que esta comemoração assume a forma de uma campanha denominada “Onda Rosa”. O objetivo é, justamente, passar a mensagem da prevenção, recorrendo à ideia de uma onda que “inunda” as várias dimensões da nossa vida quotidiana, seja nas ruas, nos transportes, no local de trabalho ou mesmo no mundo digital.
Em 2016 contamos com a adesão de cerca de 500 instituições que permitiram alargar esta onda a milhares de pessoas.
Em 2017 prevemos muito mais.
O objetivo é “colorir” instituições, ruas, objetos, pessoas e redes sociais de cor-de-rosa, sensibilizando a comunidade da importância da prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama.
Entre 15 e 30 de outubro a Liga Portuguesa Contra o Cancro desafia a população portuguesa a juntar-se a esta Onda Rosa.
Escolas, empresas, municípios, lojas comerciais, cidades e pessoas são desafiadas a vestirem a cor rosa e para aderirem à causa da Luta Contra o Cancro da Mama.
Não fique indiferente, venha participar e entre na “Onda Rosa”! 









Sem comentários:

Enviar um comentário